Laquila Advogados

Descubra Se Está Sofrendo Assédio Moral No Trabalho

O assédio moral infelizmente ainda é muito comum nas relações de trabalho de nosso país, vou te mostrar hoje, como identificar se está sendo vítima dessa agressão no ambiente de trabalho.

fique comigo até o fim para entender:

  1. O que é assédio Moral
  2. Quais situações caracterizam assédio moral no trabalho
  3. Quais seus direitos

E não se preocupe, vou ser bem breve e objetivo, e como sempre, vou entregar todo o ouro!

O que é assédio Moral

É toda conduta praticada pelo patrão, gerente ou colega de trabalho que agrida emocionalmente o trabalhador, tornando o ambiente de trabalho insuportável, por meio de ações repetitivas que atinjam a moral, dignidade e autoestima do trabalhador, sem qualquer motivo.

Essas condutas diminuem, inferiorizam, ridicularizam, humilham, inferiorizam, isola e desestabilizam o trabalhador, causando abalos físicos e mentais de todos os tipos ao trabalhador.

Em regra, para que se configure o assédio moral, é necessário que a conduta ofensiva seja repetitiva, funcionando como um tipo de perseguição. Portanto, é necessário que a conduta seja praticada mais de uma vez pelo assediador. apesar disso, cada caso é um caso e deve ser avaliado por um profissional especialista.

Adiante vou te mostrar algumas situações que caracterizam o assédio moral.

Quais situações caracterizam assédio moral no trabalho

Existem várias situações que fazem com que um empregado seja vítima desse tipo de violência. São alguns exemplos de situações que configuram assédio moral:

  1. Xingamentos;
  2. Agressão Verbal;
  3. Metas abusivas;
  4. Acusar o trabalhador de erros inexistentes;
  5. Forçar o trabalhador a pedir demissão;
  6. Humilhação pública ou privada;
  7. Ameaça de punição ou demissão;
  8. Punições injustas;
  9. Obrigar o trabalhador a jornadas excessivas;
  10. Não dar as instruções necessárias 
  11. Apelidos pejorativos ou vexatórios

Esses são apenas alguns exemplos de situações que caracterizam o assédio, caso você esteja sofrendo qualquer uma das agressões citadas, recomendo que procure ajuda especializada.

Quais seus direitos

Caso você esteja exposto a esse tipo de agressão pode ficar tranquilo vou te explicar agora o caminho para a solução:

1- o primeiro passo é não revidar, fique tranquilo, respire e se acalme. Eu sei que não é nada fácil, mas caso revide pode acabar perdendo a razão;

2- junte todas as provas que puder, conversas por WhatsApp , email, quanto mais provas melhor, se possível certifique-se que alguém mais presenciou a agressão, para que possa ser sua testemunha futuramente.

Por fim, você poderá buscar junto ao judiciário a reparação por todos os danos sofridos, ingressando por meio de um bom advogado trabalhista com ação para indenização pelos danos morais sofridos, bem como caso ainda esteja trabalhando pelo pedido de rescisão indireta do contrato de trabalho.

Sei o quão difícil é lidar com esse tipo de situação, por isso nós do nogueira e laquila Advocacia nos especializamos neste tipo de demanda, ajudamos diariamente dezenas de trabalhadores nesta e em outras batalhas, já são mais de 1000 atendimentos online em todo o Brasil.

Portanto, se você se sente injustiçado, sendo vítima desta terrível condição de trabalho, saiba que estamos ao seu lado, não mediremos esforços para fazer valer seu direito.

Espero que esse conteúdo tenha te ajudado.

Muito sucesso.

para mais dicas como essa me siga no instagram @eduardolaquila

Ficou com alguma dúvida?

Fale agora mesmo com um especialista

Compartilhe
Dr. Eduardo Laquila
Dr. Eduardo Laquila

Advogado - Especialista em Direito do Trabalhador - Fundador e CEO do Laquila Advogados, maior escritório on-line de advocacia trabalhista do país, com mais de 1.000 clientes de todo o Brasil.

Artigos: 14